Noticias / Gasto de brasileiros no exterior cresceu 42% em outubro

22/11/2016

Gasto de brasileiros no exterior cresceu 42% em outubro

Despesa de US$ 1,4 bi é o maior montante desde julho de 2015

Autor: GABRIELA VALENTE - O GLOBO

A alta da confiança e o dólar — que estava mais barato em outubro — incentivou o brasileiro a viajar para o exterior. Segundo o Banco Central, os gastos de turistas no exterior aumentaram 42% no mês. As despesas chegaram a US$ 1,4 bilhão. É o maior gasto desde de julho de 2015.

Apesar dessa alta de despesa, o rombo das contas externas caiu 22% em outubro, de acordo com o Banco Central. No mês passado, as chamadas transações correntes (resultado de todas as trocas de serviços e do comércio do Brasil com o restante do mundo) tiveram um deficit de US$3,3 bilhões. No mesmo mês do ano passado, o rombo era de R$ 4,3 bilhões. O ajuste foi acompanhado de uma alta dos investimentos.

Segundo o BC, o país recebeu US$ 8,4 bilhões no mês passado: 25% a mais que no mesmo período do ano passado. Em 12 meses, os ingressos líquidos dos investimentos diretos no país totalizaram US$75,1 bilhões. Isso representa 4,20% do Produto Interno Bruto (PIB, conjunto de bens e serviços produzidos no país em um ano). É mais do que suficiente para repor o déficit das contas externas.

Nos últimos 12 meses, o deficit das contas externas é de US$ 22,3 bilhões, o equivalente a 1,25% do PIB. A projeção é que o esse número melhore até o fim do ano. O BC estima que o resultado fique negativo em US$ 18 bilhões.

Mais investimentos não significam mais lucros. A remessa líquida foi de US$ 1,6 bilhão: queda de 31% em relação a outubro de 2015. Já os gastos com juros atingiram US$ 1,5 bilhão, um aumento de 13,4% no mesmo período.


Notícias & Novidades

Novidades

Inscreva-se para receber nossa Newsletter e fique por dentro do que está acontecendo no Brasil e no Mundo.