Noticias / Pelo 2º mês seguido, preço médio de imóveis fica estável

05/05/2017

Pelo 2º mês seguido, preço médio de imóveis fica estável

Autor: G1

O preço de venda dos imóveis recuou 0,01% de março para abril, segundo o índice FipeZap, que acompanha o mercado imobiliário de 20 cidades. Trata-se do segundo mês consecutivo de estabilidade nos preços anunciados. No acumulado no ano, a alta é de 0,08%.  

Em 12 meses, os preços dos imóveis acumulam alta de 0,69%, mas se mantém abaixo da inflação estimada pelos analistas do mercado financeiro, por meio do Boletim Focus, do Banco Central, de 4,14% para o período de 1 ano até abril. O preço médio anunciado do m² apresenta queda real (descontada a inflação) de 3,32% nos últimos 12 meses, segundo o FipeZap.  

Segundo o levantamento, 9 das 20 cidades registraram recuo nominal nos preços entre março e abril, enquanto que em 4 cidades as variações superaram a inflação. Considerando os últimos 12 meses, 6 das 20 cidades acumulam queda nominal nos preços: Goiânia (-3,50%), Niterói (-2,48%), Rio de Janeiro (-2,07%), Fortaleza (-1,55%), Distrito Federal (-1,18%), e Recife (-0,22%). Belo Horizonte foi o único mercado com variação superior à inflação (8%).  

Em abril, o valor médio de venda dos imóveis nas 20 cidades foi de R$ 7.696/m². Rio de Janeiro se manteve como a cidade com o m2 mais caro do país (R$ 10.180), seguida por São Paulo (R$ 8.680) e Distrito Federal (R$ 8.445). Já as cidades com menor valor médio por m2 no mês foram: Contagem (R$ 3.519), Goiânia (R$ 4.106) e Vila Velha (R$ 4.632).  

O Índice FipeZap, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal ZAP, acompanha o preço médio do m² de apartamentos prontos em 20 cidades brasileiras, com base em anúncios da internet.


Novidades

Inscreva-se para receber nossa Newsletter e fique por dentro do que está acontecendo no Brasil e no Mundo.